Como usar O Conversador - Dicas e boas práticas

Os seis passos para formar a sua lista de potenciais eleitores usando O Conversador para driblar as dificuldades criadas pela pandemia do Coronavírus

 

1º - Vá até www.oconversador.com.br e se registre.

Escolha o plano que melhor se aplica ao seu caso: qual o tamanho da lista que você quer formar? Nós sugerimos que ela seja ao menos duas vezes maior do que o número de votos que você calcula que precisará ter para se eleger.

 

2º - Cadastre as pessoas que irão lhe ajudar na coleta de nomes para a lista.

Dica: sugerimos que você cadastre agora todos aqueles que podem ter alguma motivação, pessoal ou política, para lhe ajudar a montar sua lista: os parentes próximos, os amigos, os apoiadores políticos, os colegas de trabalho, de lazer e de igreja, etc. Pela experiência, sabemos que uma boa lista de Conversadores de qualidade (ou seja, formada por pessoas de fato dispostas a ajudar o candidato) terá entre 50 e 250 nomes. Após cadastrar esse pessoal, eles receberão um e-mail com o login e a senha que deverão usar no Conversador.
 

3º - Peça para todas os apoiadores que você cadastrou no passo 2 baixar no celular deles O Conversador.

 
Eles poderão habilitar o app usando o login e a senha enviados por e-mail quando você os cadastrou. Atenção: lembre-se que você também deve fazer a lista com os potenciais eleitores com quem você mantém ou poderá vir a manter contato (gente que está em seu celular, que frequentam suas atividades políticas ou são beneficiadas por elas etc.).
 

4º - Agora será a vez de seus apoiadores usar O Conversador para cadastrar e enviar a você todas as pessoas que elas conhecem e que podem vir a ser potenciais eleitores.

 
E quem são essas pessoas? São todos aqueles a quem seus apoiadores podem, quando chegar a hora, pedir para votar em você. Por exemplo: elas podem listar seus parentes próximos, amigos, aliados políticos, colegas de trabalho, de lazer e de igreja, etc. Pela experiência, sabemos que cada apoiador poderá montar uma boa lista, com potenciais eleitores de qualidade (ou seja, formada por pessoas que podem de fato vir a votar no candidato).E essa lista terá entre 50 e 250 nomes cadastrados vindos de cada apoiador que  estiver usando O Conversador para lhe ajudar. (Uma dica: Para cada pessoa listada como potencial futuro eleitor, você e seus apoiadores devem listar o nome e pelo menos uma informação útil para contato futuro, como e-mail, telefone fixo, celular, endereço etc. Fazer isso é fácil, rápido, simples e barato).
 
A sua atual força política definirá o ritmo do crescimento de sua lista
 
Quem são os meus eleitores mais prováveis futuros?
 
Primeiro, são aquelas pessoas que já conhecem o candidato e são próximas dos apoiadores do candidato. Mas são também aquelas pessoas que ainda não conhecem bem o futuro candidato mas conhecem bem os seus parentes, amigos e apoiadores e podem vir a se interessar pelas causas defendidas por ele.
 
Na campanha eleitoral moderna a tarefa urgente colocada ao candidatos e seus apoiadores é formar uma grande lista com os nomes e informações dos parentes, amigos, colegas do trabalho, colegas da igreja e das atividades de lazer. Também devem ser colocadas nessa lista as pessoas que vivem nas regiões onde o candidato pretende pedir votos, as pessoas do seu partido, as pessoas que já acompanham o seu trabalho político e as pessoas que são (ou podem vir a ser)  diretamente impactadas e beneficiadas pelas ações sociais, sindicais, associativas, etc. do candidato e de seus apoiadores.
 
Veja algumas simulações dos resultados possíveis de ser alcançados usando O Conversador: para formar listas de potenciais eleitores:
 
 
O Conversador não lhe deixará esquecer quem são os seus eleitores mais prováveis.
 

5º - A partir daí você vai usando O Conversador para:

  • Enviar novas tarefas aos seus Apoiadores/Conversadores
  • Gerenciar a lista de nomes de potenciais eleitores (que deve estar sempre crescendo)
  • Fazer atividades digitais com os nomes coletados pelo Conversador (como lives, tele-conversas e teleconferências, enviar e-mail, SMS etc.)
  • E, assim que possível (ou seja, quando for seguro para a saúde das pessoas), fazer atividades de rua, coletar contatos em reuniões casa a casa  etc. As possibilidades são infinitas.
 

6º - O segredo do sucesso eleitoral é fazer sempre duas ações "casadas" de maneira disciplinada.

 
Primeiro, iniciar o diálogo com essas pessoas que estão entrando na sua lista pelo Conversado imediatamente, assim que os nomes forem chegando no seu painel de gestão (leia mais abaixo). Use celular, WhatsApp, SMS e redes sociais para ir conversando com elas. Você poderá se apresentar a elas, pedir permissão para dialogar e passar a conhecer melhor essas pessoas e seus interesses (faça isso com educação e seguindo a legislação do eleitoral). E segundo, manter a sua lista de apoiadores e potenciais eleitores sempre em crescimento.Todos os dias tem que entrar mais gente nessa lista de futuros eleitores e apoiadores. Nenhum contato, seu ou de seus apoiadores, pode ficar de fora.
 
Viu só? Mesmo com as necessárias restrições ao contato entre as pessoas estabelecidas pelo combate ao Coronavírus, é possível continuar a montar a sua lista de potenciais eleitores e ir aumentando as suas chances de vitória nas eleições deste ano.